A suíça Esther Staubli foi indicada pela Fifa em direção a ser árbitra do jogo entre Japão e Nova Caledônia

Por
EFE

access_time

12 out 2017, 14h38

A suíça Esther Staubli foi indicada nesta quinta-feira pela Fifa em direção a ser árbitra do jogo entre Japão e Nova Caledônia, daqui dois dias, pela última rodada do grupo E do Campeonato Mundial sub-17.

A juíza, que participou do Mundial de 2015, dos Jogos Olímpicos de 2016, e da final da Eurocopa deste idade, todos torneios femininos, será a primeira a participar de um jogo pelo torneio de apoio, que neste idade, está sendo disputado na Índia.

A Fifa, em comunicado, apontou a escolha de Staubli em direção a o jogo, como um novo êxito, no objetivo de desenvolver o futebol em direção a mulheres. A suíça foi uma das sete incluídas no grupo de árbitras convidadas em direção a o Mundial sub-17, que não tinham, no entanto, garantia de apupar qualquer dos jogos.

Nascida em Berna e professora, de 38 anos, Staubli participou de atividades previstas em direção a os escalados em direção a a competição, com seminários, com sessões teóricas e práticas, no campo de jogo. EFE

Mulher vai apupar jogo do Mundial masculino sub-17 pela 1ª vez

Fonte