Tommy e Jackson são dois cães que iniciaram uma fraternidade de forma inusitada. Tommy, um cão adotado que vivia sozinho com sua tutora, sofria por não deter nenhuma companhia. Foi então que Jackson passou a visitá-lo.

Jackson e Tommy se encontram diariamente (Foto: Divulgação)

Enquanto a tutora de Jackson saía a praticar corrida, ele ia sozinho ainda a casa onde mora Tommy. A fraternidade dos dois foi pechincha por Termolen, a mulher que havia adotado Tommy. Ao chegar em casa, ela se surpreendeu ao deparar os dois se divertindo como grandes unido.

posteriormente um tempo, ao observar por onde vinha Jackson, ela descobriu que o cão morava a quatro quarteirões de sua casa e que fazia esse caminho diariamente só a deparar seu amante.

A corrente preocupação de Termolen, segundo o portal Best Of Web, é a idade assalto de Tommy. Ela se entristece ao pensar que em curto ele poderá partir, deixando Jackson sozinho.

Cão realiza caminhada diária a criar companhia a cão solitário

Fonte